Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 11 de dezembro de 2017


Revista Eclética nº 28 completa

Deni Navarro e Guilherme Coreixas - Da sala de aula


 Eles existem em todos os cantos, dos mais diferentes tipos. Desde os mais malvados até os mais carismáticos, que acabam ganhando o público. Estamos falando dos vilões. Estes personagens essenciais para qualquer boa narrativa e que muitas vezes, sem a menor cerimônia, roubam a cena e transformam os mocinhos em meros coadjuvantes. No entanto, por mais que fiquem na história e no imaginário de todos, poucas vezes eles mereceram a devida homenagem.

É comum ouvir histórias e ler reportagens sobre os heróis, mas os vilões, que são tão ou mais importantes que os mocinhos, nunca têm o devido destaque. Afinal, sem Darth Vader e Coringa, Luke Sky Walker e Batman seriam bem mais desinteressantes.

Além disso, existem os vilões que encontramos no cotidiano, vilões do dia a dia que acabam azucrinando a vida dos cidadãos comuns. Assim como no esporte, na música, na política, no corpo, até mesmo nas novelas, há personagens da história que acabaram se transformando em vilões.

Como você já deve ter percebido, o número 28 da revista Eclética vai abordar o tema dos vilões. Preparamos uma edição recheada de boas histórias para contar, desde a de um vilão absolutamente trivial, como o chulé, até a trajetória da maior vilã da história do rock mundial: Yoko Ono.

Obviamente a nossa tarefa é ingrata. Por mais que o nosso objetivo seja abordar os mais diversos tipos de vilões que podem existir no cotidiano, eles são tantos que é praticamente impossível falar de todos. Além do mais, o conceito de vilão é subjetivo e se modifica com o passar do tempo.

Esperamos que vocês, ao lerem as matérias desta revista, aproveitem e pensem nos vilões que estão ao seu redor ou nos vilões que marcaram a sua vida e sintam o mesmo prazer que nós tivemos ao escrevê-la.

eclética nº 28 completa.pdf

Vilão bom é vilão morto?

- Da sala de aula

1 - vilão bom é vilão morto.pdf

Cecê, chulé e bafo

- Da sala de aula

2 - cecê, chulé e bafo.pdf

Lobo-mau é coisa de criança

- Da sala de aula

3 - lobo mau é coisa de criança.pdf

Sinal fechado

- Da sala de aula

4 - sinal fechado.pdf

Yoko Ono: a malvada do rock?

- Da sala de aula

5 - yoko ono a malvada do rock.pdf

As vilanias na política

- Da sala de aula

6 - as vilanias da política.pdf

Os carrascos da seleção

- Da sala de aula

7 - os carrascos da seleção.pdf

Envelhecer, mas com saúde

- Da sala de aula

8 - envelhecer, mas com saúde.pdf

+ Revistas

Edição: