Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 25 de junho de 2022


Cultura

Mulheres em campo na imprensa esportiva

Francili Costa - Do Portal

11/04/2008

Em campo ou fora dele, as mulheres estão batendo um bolão. O mercado de trabalho do futebol tem aberto portas para muitas profissionais. Não só na seleção brasileira, mas também no jornalismo esportivo, as mulheres já podem se considerar craques. Com o interesse crescente pela área esportiva, o Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio realizou a palestra "Comunicação, mulher e futebol", na qual estiveram presentes o professor Everardo Rocha (PUC-Rio) e os apresentadores do canal SporTV Marcelo Barreto e Vanessa Riché. Na sala lotada de mulheres, a principal dúvida era: pode-se sobreviver no universo do futebol, tradicionalmente masculino? Para surpresa de todas as estudantes, o apresentador Marcelo Barreto – que também seleciona candidatos a uma vaga na redação do canal SporTV – disse que o importante não é ser especialista em futebol.

- Eu quero que elas se virem com o esporte, não precisa chegar sabendo. Mas elas vão ter que se dedicar, elas vão ter que passar a entender pelo menos o mínimo necessário para sobreviver nesse meio – disse.

Barreto contou que as candidatas têm se saído bem durante o período de estágio e que muitas são contratadas. O apresentador ressaltou que nem todas as profissionais vão trabalhar na linha de frente, como a apresentadora Vanessa Riché, do programa Sportv News.

- O jornalismo esportivo não é feito só de comentaristas, narradores e apresentadores. Há os produtores, repórteres, ou seja, tem espaço para muita gente.