Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 21 de julho de 2024


Campus

Comunicação: último dia para votar em lista tríplice

Rodrigo Belga - Do Portal

10/06/2011

Alunos, professores e funcionários do Departamento de Comunicação votam até esta sexta-feira, 17, na lista tríplice de candidatos a diretor. O substituto da professora Angeluccia Habert será escolhido e nomeado pelo reitor, padre Josafá Carlos de Siqueira, S.J, para o mandato do próximo biênio (2011-2013). Os professores César Romero Jacob, Everardo Rocha e Miguel Pereira concorrem ao cargo em chapa única. Independentemente do vencedor, o candidato eleito tem o dever de aplicar o Plano Diretor do Departamento, aprovado no dia 6 de junho pela Comissão Especial da Universidade. O vice-reitor para Assuntos Acadêmicos, professor José Ricardo Bergmann, o decano do Centro de Ciências Sociais, professor Luiz Roberto Cunha e a representante do Conselho Departamental, Maria Elisa de Sá Mader, fazem parte da comissão que acompanha o pleito. 

– O processo eleitoral começa com uma reunião da Administração Central da universidade com os representantes do Departamento, em que são discutidas as propostas para o próximo biênio. A partir disso, elaboram-se alguns nomes possíveis para concorrer à direção do Departamento ou pelo menos o perfil do candidato – explica Bergmann.

O balanço do Departamento de Comunicação apontado no Plano Diretor revela crescimento de mais de 100% do número de alunos matriculados nos últimos 13 anos, baixo índice de evasão escolar e elevada demanda pelo curso no vestibular. A oferta de vagas de estágio no Projeto Comunicar e no Portal PUC-Rio Digital é reconhecida no documento como ponto positivo desse período.

O Plano prevê medidas de aprimoramento dos cursos de jornalismo, publicidade e cinema até 2013. Na graduação, a atualização dos equipamentos dos laboratórios e a revisão curricular são prioridades da próxima gestão. Na pós-graduação, a ampliação de oferta de cursos lato sensu e a criação do doutorado stricto sensu também estão previstas no documento, assim como maior atenção à educação a distância.

– Houve uma reforma de currículo em 2004, implantada em 2005. Agora, não diria que é uma reforma curricular, porque o currículo é bom, mas sim alguns ajustes. Como tornar obrigatória a disciplina Cinedocumentário no curso de cinema. Mas são apenas ajustes. Acho o currículo bom, na medida em que mescla teoria com técnica – avalia o professor Cesar Romero Jacob, coordenador de projetos especiais do Departamento de Comunicação e um dos integrantes da lista tríplice que será encaminhada ao reitor.

Cesar Romero Jacob dirigiu o departamento duas vezes (1986-88 e 2004 a 2008). Ele explica que, por questão hierárquica, os votos de alunos, professores e funcionários não elegem diretamente o diretor. Cabe ao reitor escolher entre os indicados na chapa apontada pelos eleitores. Além de reforçar o caráter democrático, a participação no pleito reforça, digamos, a governabilidade da próxima admistração. 

– O papel dessa lista é mostrar à Administração Central que o reitor pode escolher um dos três nomes. O nome que ele escolher é bem aceito na comunidade. Ao mesmo tempo, é importante que o gestor também tenha trânsito na Administração Central, para negociar verbas e recursos – observa Jacob.

A votação vai até esta sexta-feira, na secretaria do Departamento de Comunicação Social (sala 606K), das 9h às 12h, e das 13h às 17h. O novo diretor toma posse em agosto.