Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 21 de julho de 2024


Mundo

David Cameron é o novo primeiro-ministro britânico

Juliana Oliveto - Do Portal

12/05/2010

O líder do Partido Conservador David Cameron é o novo primeiro-ministro britânico. O anúncio foi feito na terça-feira, 11/05, após a renúncia do então premiê trabalhista Gordon Brown. A rainha Elizabeth II, seguindo a tradição britânica, encarregou Cameron de formar o novo governo.

Os conservadores haviam conquistado, nas eleições da última quinta-feira, 306 assentos no Parlamento britânico, 20 a menos do mínimo para garantir a maioria necessária para formar o governo. Por isso, iniciaram negociações para tentar formar uma coalizão.

O Partido Trabalhista, de Gordon Brown, tentou buscar o apoio dos liberais-democratas de Nick Clegg, terceiro colocado no pleito nacional. Entretanto, mesmo após Brown anunciar que renunciaria ao cargo de líder dos trabalhistas, o que teoricamente agradaria a Clegg, não houve acordo entre as partes. Por causa do fracasso na negociação, Gordon Brown acabou deixando o posto de primeiro-ministro antes do que pretendia.

A união entre o Partido Conservador e o Liberal-Democrata soma 363 cadeiras no Parlamento britânico, 37 a mais que a maioria absoluta. O novo primeiro-ministro anunciou que o líder liberal-democrata, Nick Clegg, será o vice-premiê do governo. Além dele, mais quatro membros do partido terão cargos no gabinete.

Em seu primeiro discurso após a posse, já na sede do governo, em Downing Street, n. 10, Cameron disse que pretende formar uma coalizão concreta e plena entre os conservadores e os liberais-democratas.

– Acredito que este seja o jeito certo de oferecer ao país um governo forte, estável, bom e decente, do qual precisamos tanto – disse.

Este será o primeiro governo de coalizão no Reino Unido em 70 anos. Além disso, David Cameron, com 43 anos de idade, será o mais jovem primeiro-ministro em dois séculos de política britânica.