Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 15 de junho de 2024


Campus

Projeto Comunicar: 20 anos de sucesso

Carol Vaisman, Diogo Dias, Fabiana Paiva e Lucas Maia

07/12/2007

Quando surgiu, há 20 anos, o Projeto Comunicar era composto por 12 estagiários, estudantes de Jornalismo, responsáveis pelo “PUC Urgente” e pelo “Jornal da PUC”. Hoje, os produtos do Projeto são muitos e estão disponíveis em todas as mídias. Mas como foi que o Comunicar chegou onde está?


No começo, as dificuldades não eram só numéricas. "O primeiro ‘PUC Urgente’ era apenas uma folha de papel Ofício 2, com 17 notícias, todas curtinhas. O verso era em branco", recorda o professor Fernando Ferreira, Coordenador Geral e um dos criadores do Comunicar. O Vice-Reitor Comunitário, Augusto Sampaio, acompanhou o Projeto desde o início. Ele conta que, quando o “PUC Urgente” surgiu, foi recebido com desconfiança pelos diversos departamentos da Universidade. “Havia uma grande desconfiança, ninguém dava crédito para o Projeto”, lembra Augusto. Para ele, o reconhecimento do “PUC Urgente” se deve ao profissionalismo dos coordenadores do projeto.


Testemunha ocular desse crescimento, a Supervisora Administrativa Rita de Cássia Luquini – a Ritinha – também viu o Projeto engatinhar, dar os primeiros passos e hoje caminhar com as próprias pernas. "Desde o início acreditei no Comunicar. Sabia que um dia ele chegaria onde está hoje", afirma.


Em qualquer um dos seis núcleos do Projeto Comunicar a filosofia é a mesma: preparar o estagiário para o mercado de trabalho. No Núcleo de Jornalismo Impresso, os alunos produzem não só o “Jornal da PUC” e o “PUC Urgente”, mas também outras publicações, como o “Conexão Pilotis”, jornal que apresenta a Universidade para os vestibulandos, e edições especiais.


Diferentemente das outras TVs Universitárias, na TV PUC os estudantes de Comunicação Social executam todas as etapas do processo de concepção dos programas. Eles elaboram, produzem, editam e apresentam o “Pilotis”, o “Antena Coletiva”, o “Contraponto” e o “PUC Artes”. No ar há oito anos, a TV PUC já recebeu três prêmios nacionais e um internacional.


Como um eficiente exemplo de sinergia, Assessoria, Internet e Rádio estão juntos num único núcleo. Cabe à Assessoria de Comunicação divulgar os acontecimentos da Universidade para os veículos externos. Os estagiários produzem também o programa “Revista Jovem”, transmitido pela Rádio Catedral FM, e a Rádio Pilh@, uma das primeiras web-rádios do Brasil, com linguagem desenvolvida exclusivamente para a internet.


Para dar uma face publicitária ao Projeto Comunicar, a Agência Experimental de Propaganda atua, há 14 anos, nas áreas de criação e atendimento, e já produziu mais de mil peças. Além disso, os alunos gerenciam trabalhos para toda comunidade PUC e para entidades do terceiro setor, como, ONGs, hospitais e instituições. A Editora PUC, criada em 2000, transforma em livros o conhecimento produzido na Universidade. Em 2008, chegará à casa de 100 edições. Como forma de prestação de serviço social, o Comunicar criou em 2002 seu mais novo núcleo: o de Comunicação Comunitária, cujo propósito é levar informação a quem não tem acesso a ela. No ComCom, moradores de comunidades são orientados na produção de seus próprios veículos.


* A edição 194 do “Jornal da PUC” traz o caderno especial “Projeto Comunicar 20 anos”.

* Na foto acima, o compositor italiano Ennio Morricone, que foi entrevistado pelos estagiários do Projeto Comunicar em sua visita ao Brasil, em maio deste ano.