Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 25 de julho de 2024


Cultura

"Veja" e "O Globo" festejam autores de "Laços"

Fernanda Ralile - Do Portal

07/12/2007

 

“Eu prefiro os laços firmes, aqueles mais difíceis de se fazer, e de se desfazer. Mas, que quando feitos e depois desfeitos, podem se orgulhar de si próprios e falar com convicção: eu fui um grande laço!"

"Laços não falam... muito menos com convicção.”

(trechos de "Laços")

Dois alunos do curso de Comunicação Social da PUC-Rio, Célio Porto, de 17 anos, e Clarice Falcão, de 18, venceram o concurso Project Direct, promovido pelo site YouTube. A dupla concorreu com o curta-metragem "Laços" ("Ties"). A vitória garante a exibição do filme no Sundance Festival, nos Estados Unidos, em janeiro de 2008. Trata-se do maior evento do cinema independente mundial. Participaram do concurso, iniciado em outubro, cerca de 3.500 produções, de países como Estados Unidos, Brasil, Canadá, França, Itália, Espanha e Reino Unido. Os finalistas foram selecionados por um júri presidido pelo diretor Jason Reitman, de "Obrigado por fumar", mas a escolha dos vencedores veio por meio de votação popular.

"Laços" tem 6 minutos e 43 segundos de duração e conta a história do encontro entre uma garota em fuga (Clarice) e um misterioso rapaz (Célio). O roteiro é assinado pela escritora Adriana Falcão, autora de "A máquina", mãe de Clarice. A estudante compôs e cantou a canção-tema do curta. O projeto dos estudantes custou R$ 1,5 mil e vai render um prêmio de US$ 5 mil, pago pelo YouTube, além da cobiçada viagem para participar do Sundance.

Célio e Clarice estão no terceiro período de Comunicação e pretendem se especializar em Cinema. “Quando, há alguns dias, a gente soube que estava no top-20, nós pensamos: ‘Ah, agora não precisamos de mais nada, já está ótimo!’. Foi uma grande surpresa vencer esse concurso”, disse Clarice em entrevista ao PUC-Rio Digital.

As filmagens se deram num único dia, nas ruas do bairro do Jardim Botânico, com o uso de uma câmera digital AG-DVX100. Cenas adicionais foram rodadas na casa de Clarice. Os dois contaram com a ajuda de Flávia Lacerda, na direção, e de Felipe Reinheimer, responsável pela fotografia do curta.

O resultado saiu semana passada. “Assim que minha mãe me contou, subi correndo para o escritório dela e fiquei pulando. Aí liguei pro Célio e gritei: ‘Primeiro lugar!’. Ele veio até minha casa e ficamos pulando. A gente pulou muito, a noite toda!”, disse Clarice. Mas será que a fama já subiu à cabeça? Célio brinca: “Fama? Que fama? A gente não está nem um pouco famoso!” E Clarice completa: “Na verdade a gente está achando tudo isso muito engraçado. As pessoas vêm nos parabenizando e nos levando a sério... quando nem nós mesmos nos levamos a sério!” Nos últimos dias os dois ganharam destaque nos jornais "O Globo" e "Folha de S.Paulo" (incluindo o elogio à poesia de "Laços" pelo colunista Elio Gaspari), na revista "Veja" e em telejornais da Band.

Até esta quarta-feira, 12 de dezembro, cerca de 540 mil pessoas já tinham assistido ao filme. "Laços" é o vídeo brasileiro mais visto e discutido no YouTube este mês, e o quarto mais baixado em telefones celulares, no ranking geral.

Assista ao filme aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=gl74J-aAnfg