Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 19 de junho de 2024


Cultura

A ética como instrumento para vencer os desafios ambientais

Carolina Barbosa - Do Portal

02/09/2011

Carolina Barbosa


Ética socioambiental, autor: Pe. Josafá Carlos de Siqueira SJ

Diante da crise ambiental, torna-se necessária uma mudança de valores para garantir qualidade de vida às futuras gerações. Este pensamento moveu Pe. Josafá Carlos de Siqueira, S.J., reitor da PUC-Rio e professor do Departamento de Geografia e Meio Ambiente, a escrever Ética Socioambientaluma análise filosófica, antropológica e teológica sobre a importância da ética como ponto de partida para vencer os desafios ambientais.

– A ética ambiental transforma o modo de ser e agir da relação entre o homem e a natureza. é tempo de refletir, pois as reflexões motivam o alcance da sustentabilidade - observa padre Josafá - Os mecanismos técnicos, práticos, por si só não resolvem a problemática ambiental. De nada adianta tê-los se não estiverem acompanhados de reflexões. Para mudar a situação do planeta, é preciso começar a agir em nível local, até que se atinja o global.

O professor pretende, com o livro, despertar discussões sobre o assunto. Lembra que estar bem informado sobre as questões ecológicas é condição essencial para se cuidar melhor do meio ambiente. Padre Josafá acrescenta que, para vencer os problemas ambientais e "preservar a natureza", são necessárias mudanças de hábitos:

– A humanidade precisa repensar seus costumes para que não estrague o que resta da natureza. Não adianta mudar só a cabeça, tem que mudar o comportamento, e mais do que isso, o coração. Prevenir para não pagar um preço mais alto. 

Os capítulos Ética e biodiversidade e Avanços e recuos na aporia ética entre o local e o global abordam pontos sobre o aquecimento global, assunto recorrente no noticiário. Padre Josafá Siqueira observa que a crise ambiental é mais importante do que a crise econômica:

– A crise ecológica é de longa duração e a financeira é passageira. Portanto, a situação ambiental supõe mudanças e põe em risco a vida. A natureza não pode ser recuperada em um curto intervalo de tempo. Nela, tudo se leva anos para ser construído.

Ainda dá tempo de salvar o planeta, mas ainda há muito o que fazer. O caminho, segundo Josafá, é ter ética para agir. Decisões como a do presidente norte-americano Barack Obama, que fez um acordo com empresas automobilísticas para produzir carros verdes, ou seja, que poluam menos, ajudam a minimizar os impactos ambientais.

– Acho que tudo o que está sendo feito para diminuir os danos causados ao meio ambiente é válido, mas insisto que a consciência ética socioambiental, ou seja, a ligação das questões sociais e a problemática ambiental, tornam-se imprescindíveis neste processo. Afinal, o ser humano é regido de acordo com princípios éticos.

Autor de 55 artigos científicos e 12 livros, entre eles, Um olhar sobre a natureza, Ética e Meio Ambiente, A Flora do Campus da PUC-Rio, Josafá Siqueira decidiu escrever o livro em 2008. A obra é fruto de reflexões de mais de 20 anos desde sua entrada na vida acadêmica da Universidade como professor das áreas de Geografia e Meio ambiente.
Com 77 páginas, o livro é dividido em nove capítulos com textos do autor e reúne exemplos concretos, pessoais e institucionais de ações voltadas para a sustentabilidade.