Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 24 de setembro de 2022


Ciência e Tecnologia

Inovação que une governo, empresas e academia

José Augusto Martini - Do Portal

11/11/2008

 PUCRS Expandir a pesquisa universitária para o empreendedorismo. Com esta missão, a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) criou o Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc). A convite do Instituto Gênesis e da Vice-Reitoria Acadêmica da PUC-Rio, professor Jorge Audy, diretor do Tecnopuc veio à universidade carioca, em setembro,explicar a iniciativa. A inspiração para o projeto veio da Universidade de Stanford, nos EUA, primeira a criar um parque tecnológico do gênero. Com investimentos públicos e privados, tornou-se referência mundial.
De menos de cinco parques tecnológicos em 2003, o Brasil saltou para 14 deles neste ano. Para sair do papel, o Tecnopuc recebeu financiamento de R$ 25 milhões do BNDES. Um exemplo da coordenação entre as iniciativas público privada:
- O Tecnopuc só existe pela articulação entre as empresas, o governo e a universidade. É desta articulação que surgem os parques científicos tecnológicos e as incubadoras ligados às universidades - explicou Jorge Audy.

Com 5,4 hectares - o equivalente a mais de cinco campos de futebol - o parque tecnológico gaúcho reúune cinco centros de pesquisa e empresas como Dell e Microsoft.Ali é desenvolvida, por exemplo, a principal operação de pesquisa e desenvolvimento da Hewlett Packard (HP)na América do Sul. Nas 39 empresas instaladas, trabalham 2.600 funcionários.

O parque científico e tecnológico da PUC-RS é um ambiente de inovação, sintetizou Jorge Audy. Ambiente marcado pela produtividade de estudos científicos. Em 2002, a PUC-RS liderou o ranking nacional dos grupos de pesquisa nas instituições particulares, de acordo com dados do CNPq.

A PUC-RS tem 27 mil alunos, distribuídos em 72 cursos de graduação, cinco mil de pós-graduação e 1.500 professores.