Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 13 de julho de 2024


Campus

Mídia e cinema em debate

Maria Christina M. Corrêa - Do Portal

20/05/2013

 Maria Christina Corrêa

Nesta segunda-feira, uma série de debates na 102K abordará diferentes aspectos da chamada “mídia alternativa”. Das 13h às 15h, o documentarista e professor do Departamento de Comunicação Sílvio Tendler falará sobre as dificuldades de patrocínio e de como se sente “invisível” diante das exigências da Ancine. O professor abordará, também, as novas possibilidades de democratização viabilizadas pelo acesso à tecnologia e o significado disso em uma sociedade globalizada. Às 15h, Raphael Freire e Viviane Ayres, do Cinemaneiro, apresentarão o caso da ONG que tem promovido a profissionalização de cariocas de comunidades pobres, que produzem documentários sobre a própria realidade. Às 17h, Rene Silva, morador do Complexo do Alemão que aos 11 anos criou o jornal comunitário A Voz da Comunidade, conta sua experiência de ter “tuitado” a ocupação do Alemão em 2010, tornando-se fonte da mídia e consultor da novela Salve Jorge.

Nesta terça, a gerente de marketing do Grupo Kinoplex, Patricia Cotta, o gerente de investimentos da RioFilme, Rodrigo Guimarães, a produtora dos filmes Cidade de Deus e Central do Brasil, Elisa Tolomelli; e o diretor geral da distribuidora Diamond, Marco Aurélio Marcondes, são os convidados da palestra Lacunas no mercado audiovisual, às 13h, no RDC. A proposta é apresentar um panorama do setor audiovisual brasileiro, com foco no Rio de Janeiro, e apontar as áreas de atuação que têm carência de profissionais de qualidade.

Os calouros do curso de Cinema são o público alvo, mas a palestra é aberta a todos os alunos de Comunicação Social. Os estudantes do 1º período que fazem a disciplina Introdução ao Cinema no horário das 13h às 15h serão liberados pelos professores para assistir à palestra.

A ideia do encontro, organizado pelos alunos Vítor Clin e Daniele Villanova, do 8º período de Cinema, surgiu da observação de que a maioria dos alunos que ingressa nos cursos de cinema aspira somente à função de diretor, quando existem outras áreas com importância e capacidade de expressão artística equivalentes.

– Queríamos um assunto que fosse do interesse dos alunos que estão entrando agora. Escolhemos os convidados pensando que eles deveriam ouvir isso de profissionais que estão atualmente nas três áreas: exibição, distribuição e produção – conta Vítor.

A palestra será uma prévia de outra iniciativa da dupla, a 2ª edição da Semana de Cinema, em outubro.