Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 21 de julho de 2024


Campus

PUC recebe os calouros em um Meu Primeiro Dia diferente

Vítor Afonso - Do Portal

28/02/2013

 Maria Christina Corrêa

Após um longo período de férias, o início da vida acadêmica representa um novo ciclo para os jovens que ingressarão na universidade neste ano. Para dar as boas-vindas e abrir as portas do campus para os calouros, a PUC-Rio realiza, nesta sexta-feira, a sua tradicional recepção aos novos alunos. O evento é organizado pela Coordenação Central de Graduação (CCG) e deve reunir 1.200 estudantes durante todo o dia, com apresentações no ginásio e visitas aos departamentos. Além disso, uma missa de Ação de Graças será celebrada ao meio-dia na Igreja Sagrado Coração de Jesus.

Diferentemente das edições anteriores, quando o Meu Primeiro Dia era realizado às segundas-feiras, a universidade receberá seus novos alunos na sexta-feira anterior ao início do ano letivo. A coordenadora central de Graduação, Daniela Vargas, diz que o calendário apertado deste ano foi o maior responsável pela mudança:

– Passamos para sexta porque as aulas começarão já no início de março, por conta do carnaval. É também um dia mais tranquilo, e assim conseguimos uma semana inteira de aula.

Apesar da mudança no dia da recepção, Daniela ressalva que o formato dos anos anteriores será mantido. Segundo a coordenadora, com a missa, as apresentações dos cursos no ginásio, localizado no estacionamento da universidade, e as visitas aos departamentos, os estudantes poderão se familiarizar com a vida acadêmica:

– O aluno que vier terá um acesso privilegiado aos coordenadores e um dia em que a universidade será exclusivamente dele. É bom para que o primeiro dia de aula não seja um ambiente desconhecido.

Além de ter esse primeiro contato, os calouros receberão informações importantes sobre a universidade. Além da entrega das carteirinhas de estudante, dúvidas frequentes, como nivelamento de português e cancelamento de disciplinas, serão abordadas.

– Sentimos que existem muitas coisas no edital do vestibular que os alunos não observam, e as dúvidas aparecem. É importante que a universidade dê as informações necessárias para os alunos – ressalta Daniela.

Grande número de alunos divide a apresentação do CCS.

 Paula Giolito Com início das atividades programado para as 14h30, o Centro de Ciências Sociais (CCS), assim como nos anos anteriores, dividirá sua recepção aos calouros em duas partes. Primeiramente serão recebidos os estudantes de Direito, Relações Internacionais, Geografia, História, Administração, Ciências Sociais, Serviço Social e Economia. A partir das 15h30, os alunos de Comunicação Social, que reúne o maior número de alunos, poderão ter o primeiro contato com a PUC.

Segundo a coordenadora de Graduação do CCS, Andréia Clapp, durante as boas-vindas aos novos universitários, a história e a missão da PUC-Rio serão apresentados, assim como outros importantes setores da universidade:

– Convidamos alguns núcleos para se apresentarem, como a Pastoral, a Divisão de Bibliotecas e o Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (Nima). E teremos também a presença do professor Augusto Sampaio, falando sobre a Vice-Reitoria Comunitária.

Andréia ressalta ainda a necessidade de ambientar os novos alunos ao universo acadêmico. Para ela, é fundamental mostrar ao aluno tudo aquilo que a universidade oferece nos campos do ensino, da pesquisa, de estágio e extensão. Além disso, a coordenadora destaca a importância do diálogo dos alunos com a universidade.

– Cada vez mais, a partir desses encontros, aprendemos a olhar mais para o aluno e aperfeiçoar o diálogo com ele – destaca Andréia.

Biologia e Teologia juntas para receber os novos alunos

A recepção aos alunos dos Centros de Teologia e Ciências Humanas (CTCH) e de Ciências Biológicas e Medicina (CCBM) ocorrerá às 13h30, no ginásio. O coordenador de graduação do CTCH, Ralph Bannell, alerta para um importante aspecto da vida universitária: as notas, lembrando que a universidade é um ambiente com mais liberdade que a escola, mas que os alunos têm importantes obrigações. Por isso, reafirma o papel deste primeiro dia na universidade, às vésperas dos últimos dias de férias:

– Poucos lembram de manter um bom Coeficiente de Rendimento (CR), que possa ajudar o aluno com questões como intercâmbio, por exemplo.

Bannell destaca ainda a importância de os alunos se formarem tanto profissional quanto pessoalmente. Para isso, o CTCH tem investido na integração cada vez maior dos cursos, por meio de disciplinas eletivas e outras inovações:

– Nossa preocupação principal é a de coordenar o diálogo entre os cursos. E também estamos buscando oferecer maior contato dos universitários com especialistas internacionais na PUC e intercâmbio aos jovens.

Programação do Meu Primeiro Dia na PUC-Rio.

8h30 – Recepção aos calouros do CTC no ginásio da PUC;
12h – Missa de Ação de Graças na igreja Sagrado Coração de Jesus;
13h30 – Recepção aos calouros do CTCH e do CCBM no ginásio da PUC;
14h30 – Recepção aos calouros do CCS (exceto Comunicação Social) no ginásio da PUC;
15h30 – Recepção aos calouros de Comunicação Social no ginásio da PUC.

Confira a programação completa aqui.