Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 21 de julho de 2024


Campus

Supla e João Suplicy, da bossa nova ao rock and roll

Ana Luiza Cardoso - Do Portal

08/11/2012

 Thaís Mandarino / Jornal da PUC

 “Los Hermanos estudaram aqui, né? A PUC- Rio é a cara deles, talvez eu devesse deixar a minha barba crescer como a do Marcelo Camelo”, brincou Supla, integrante da banda Brothers of Brazil e filho da Ministra da Cultura Martha Suplicy. Junto ao irmão, João Suplicy, apresentou o disco On My Way, terceiro da banda, no encerramento do Intervalo Cultural de 2012, no Anfiteatro Junito Brandão da PUC-Rio.

Calça jeans justa, blusa arrastão, cabelo arrepiado, cinto de tachas e coturno.  Aos 46 anos, Supla suou e perdeu o fôlego, mas dançou, ameaçou tirar a roupa, chutou a parede e abraçou o público. Seu irmão, um pouco mais contido, sorriu e arriscou uma performance com dancinhas (e um salto da bateria de Supla) no ritmo das músicas do setlist. On My Way mistura bossa nova com rock e tem 16 faixas, entre elas, somente três com o nome em português: O Rio, A vida num segundo e Só não se esqueça de mim.

– Sei que sempre falo em inglês, mas gosto de trabalhar com elementos da MPB também. Nós fazemos uma mistura de bossa nova com o rock. Que é algo que eu gosto, assim como quando Sid Vicious (integrante da banda punk dos anos 70, Sex Pistols) regravou My Way, do Frank Sinatra – disse Supla.

 Thaís Mandarino / Jornal da PUC Os Brothers abriram o show com Wave, de Tom Jobim, mas logo reverteram as dedilhadas na guitarra a batidas pesadas e sopros de um apito. Seguiram com a música Brother of Brazil, que apresenta a banda com trechos como “My name is Supla and I'm not bullying. And I'm his brother. My name is João. Bossa Nova is rock hard” (Meu nome é Supla e eu não estou zoando. E eu sou o irmão dele. Meu nome é João. Bossa Nova é rock pesado). Após brincadeiras com a plateia carioca, Supla propôs que deixassem de lado a rivalidade entre Rio de Janeiro e São Paulo, e os irmãos cantaram Take the money and run away to Rio, música do disco Punkanova , o primeiro deles.

Também homenagearam os Beatles tocando And I Love Her e Imagine, do John Lennon. Fãs da banda inglesa, Supla e João se inspiraram em John para criar a música Viva Liberty, que defende a liberdade individual com versos como “Whatever you want, you can be. Viva Liberty” (Tudo o que quiser, você pode ser. Viva a liberdade). Além do grito pela liberdade, Supla comentou sobre a importância da amizade,  e durante o show disse que o maior medidor de verdadeiros amigos é “quando você está sem dinheiro e perdido”.

A estudante do décimo período de Direito na PUC, Julia Pereira, se surpreendeu com o show. Não conhecia Brothers of Brazil, mas pela presença de Supla na banda, esperava um rock mais pesado.

– Nunca imaginei encontrar um cara como o Supla tocando no bosque do campus. Para mim, ele só tocava em ambientes mais underground. Ele é divertidíssimo e toca muito bem. Vou procurar saber mais sobre os trabalhos dos Brothers.