Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 21 de julho de 2024


Campus

‘Corações sujos’ inaugura cine-debate na PUC-Rio

Monique Rangel - Do Portal

01/10/2012

 Divulgação

A partir de outubro, os alunos da PUC têm encontro marcado com a sétima arte nacional. A parceria da universidade com a Associação Brasileira de Cinematografia (ABC) trará mensalmente para a sala 102k um filme brasileiro e representantes da equipe da produção. A primeira sessão exibirá Corações sujos (Brasil, 2011) nesta quarta, dia 3, às 15h. Em seguida, haverá debate com Vicente Amorim, diretor do filme, Rodrigo Monte, diretor de fotografia, Daniel Flaksman, diretor de arte, e mediação do vice-presidente da ABC, Guy Gonçalves, e da professora e crítica de cinema Denise Lopes.

Com a parceria entre a PUC e a ABC, Guy Gonçalves espera que as exibições cariocas “se tornem um hábito assim como em São Paulo”, onde os cines-encontros se realizam na Cinemateca Brasileira, desde 2002. No Rio, já houve projeções no Museu de Arte Moderna e no Instituto Moreira Salles.

– A ideia das sessões está formatas há muito tempo. A gente quer estabelecer o hábito de uma projeção por mês de filmes nacionais de expressão para o encontro aberto ao público e o debate com a participação do estudante.

A importância do envolvimento dos alunos é ressaltada pela professora Denise Lopes, uma das responsáveis pelas sessões na universidade:

– É fundamental que os alunos participem. O debate é a oportunidade de dialogarem com os profissionais de cinema.

As próximas sessões ainda não têm filmes definidos, mas já estão marcadas para os dias 31 de outubro e 21 de novembro.

O filme

Enquanto o mundo comemorava a o fim da Segunda Guerra Mundial, os imigrantes japoneses de uma colônia brasileira se dividiam entre os que acreditavam que a terra natal havia perdido a guerra e os “corações sujos”, traidores da pátria.

O drama é baseado no livro-reportagem homônimo do jornalista Fernando Morais. No elenco estão Eduardo Moscovis, Takako Tokiwa, Eiji Okuda e Tsuyoshi Ihara. Assista ao trailer.