Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 21 de julho de 2024


Campus

Alunos disputam concurso publicitário internacional

Patrícia Côrtes - Do Portal

14/05/2012

 Jefferson Barcellos

Enquanto milhares de torcedores festejam títulos estaduais conquistados no domingo, uma equipe da PUC-Rio espera comemorar hoje a classificação para a final de um torneio publicitário internacional que reuniu 132 concorrentes brasileiros. O time formado por Luana Genot, 23 anos, Taíza Mendonça, 22 anos, ambos do 5º período de Publicidade, e Pedro Pim, 25 anos, do 8º período de Design, disputa a semifinal do 20º concurso internacional Brandstorm L'Òreal. Desta etapa sai o representante brasileiro na decisão, marcada para o próximo mês na França. O campeão, entre 50 finalistas, receberá o equivalente a R$ 10 mil.

Os futuiros craques da publicidade receberam o desafio de desenvolver um produto para a marca The Body Shop. O processo envolve desde a definição do público até a avaliação do produto (pontos foortes e fracos) e a eleboração da estratégia de marketing. Guardado em sigilo, o resultado ficou "moderno" na opinião de Luana. Ela observa que o espírito moderno se refletiu na forma com que o grupo conduziu boa parte das reuniões:

– O Skype foi a solução para que conseguíssemos pensar juntos. Além de morarmos um longe do outro (Lagoa, Barra, Niterói), cada um tem a própria rotina de aula e estágio. 

Um resumo do projeto ganhou divulgação na web, na página do concurso no Facebook. Os organizadores do concursos pretendem dar um "prêmio surpresa". 

Os amigos concordam que a internet foi importante para tornar a iniciativa conhecida, mas acreditam que a chegada à semifinal do torneio deveu-se, principalmente, à capacidade de doação. Por três semanas, passavam juntos pelo menos duas horas diárias. Nos fins de semana, ficavam seis horas, ou mais, debruçados no desenvolvimento do produto, como um time concentrado às vésperas da decisão.

– Passávamos mais tempo neste convívio do que com a nossa família – conta Luana – Sabemos que é difícil, mas, depois do sucesso da primeira etapa, estamos confiantes – anima-se a estudante.