Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 25 de junho de 2017


Economia

XVII Mostra PUC oferece cerca de 10 mil vagas de estágios

Claudiane Costa - aplicativo - Do Portal

13/08/2014

 Divulgação

O campus da PUC-Rio vai se transformar, desta terça até a próxima sexta-feira, na capital das oportunidades para a largada no mercado profissional. Com o tema Compromisso com relações mais humanas, a XVII Mostra PUC, reunirá, das 10h às 20h, no campus da universidade, 61 empresas de diversos setores, como ChevronOrganizações Globo e White Martins. Oferecerão, aos 90 mil visitantes esperados, cerca de 10 mil vagas de estágio e treinee (Veja no fim do texto alguns exemplos na área de comunicação).

Organizada pela Coordenação Central de Estágios e Serviços Profissionais da PUC-Rio (CCESP), a maior feira do gênero no país reunirá também palestras, exposições e oficinas voltadas à qualificação profissional e atendimentos gratuitos jurídicos, médicos e odontológicos. Entre as novidades deste ano, destacam-se a Mostra PUC online, a filmagem de currículos e o concurso cultural Mostraí. À frente da iniciativa pelo terceiro ano consecutivo, o professor de Administração André Lacombe ressalta a diversidade de carreiras expostas impulsionadas, segundo ele, com novos negócios no setor jurídico e no mundo virtual, como a estreante Hotel Urbano.  

– Nos últimos dois anos tivemos uma concentração (de oportunidades) relativamente mais forte de empresas nas áreas de energia, sobretudo no setor de petróleo e gás. Já este ano está mais diversificado, surgiram empresas no ramo de seguros, no setor jurídico e no mundo virtual. Recebemos empresas ainda do setor de energia, inclusive elétrica, que não tivemos ano passado – compara Lacombe.

 Divulgação O coordenador da feira lembra o propósito essencial da feira: promover oportunidades profissionais para alunos, ex-alunos e universitários de todo o país. “É o encontro entre o mercado e o universitário”, resume. O professor acrescenta que esta edição pretende também, como sugere o tema, criar um ambiente para que "empresas, estudantes e a universidade mostrem seus compromissos com as relações humanas". 

Fora o atendimento nos estandes, as empresas participantes e departamentos da universidade farão palestras sobre rumos, demandas e casos do mercado. Ficarão distribuídas em três auditórios, como indica a programação da mostra. Profissionais de vários segmentos esclarecem pontos, por exemplo, como novas exigências de qualificação e a etiqueta ao se apresentar nas redes sociais. Serão entregues certificados as que acompanharem as palestras, válidas como atividade complementar para os alunos da PUC.

Os organizadores recomendam que o visitante se inscreva (gratuitamente) na página eletrônica da feira e confirme a participação em guichês de check-in dispostos pelo campus. Assim pode-se armazenar o currículo no banco de dados da Mostra PUC, o que facilita a comunicação nos estandes: basta passar o CPF, e as informações curriculares ficam acessíveis às empresas. Quem já fez o cadastro em edições anteriores da Mostra PUC poderá reutilizar ou atualizar os dados.

A cartela de inscrição é preenchida pelos selos de visita em estandes e palestras e, então, depositada na urna que permite ao visitante concorrer a oito prêmios por dia, como tablets, câmeras fotográficas, cursos e passagens aéreas. A inscrição e o preenchimento do currículo não são obrigatórios, porém facilitam a entrada do visitante. 

Esse procedimento, aplicado pela primeira vez na edição passada, torna mais rápido o cadastro de currículo nos estandes, pois o participante completa a ficha para processos seletivos apenas uma vez. Mas Lacombe ressalva: “É importante você provocar a empresa”. Como a maioria das empresas leva um profissional de Recursos Humanos para o estande, a seleção do candidato pode ser feita, eventualmente, na hora. 

– Faça perguntas, questione e procure conhecer a empresa, esse momento de interação é enriquecedor. Se for ao estande só para deixar o currículo, perde-se a chance desse contato direto que proporcionamos. Mas se você vai e mostra mais interesse do que os outros, você vai se destacar entre os milhares de currículos que eles podem receber – orienta Lacombe.

Neste ano a experiência será estendida com a 1ª edição da Mostra PUC Online, que começará no dia 15 de agosto, logo após o fim da Mostra, e seguirá até outubro de 2014. As empresas participantes da Mostra PUC física terão estandes virtuais nos quais divulgarão vagas, informações institucionais, palestras, e terão acesso aos currículos dos alunos inscritos.

Integra também o repertório de novidades a filmagem de currículos: o estudante se apresenta num vídeo de um ou dois minutos, feito em cabine na entrada da feira, que fica disponível às empresas na plataforma do Mostra PUC online. Lacombe justifica:

– Às vezes a pessoa não tem experiência para pôr no currículo, mas pode conquistar o empregador por ser dinâmica e ter uma ótima desenvoltura. A pessoa pode não ter experiência, mas se tiver energia e brilho no olho pode conquistá-lo. 

O propósito de contemplar o “compromisso com relações mais humanas” engloba três principais categorias: animais, deficientes e idosos. O Abrigo João Rosa e a ONG Oito vidas vão apontar oportunidades para a adoção e doação de cães e gatos abandonados. Os portadores de necessidades especiais terão um espaço exclusivo no Mostra PUC online para concorrerem a vagas de estágio e treinee. Os projetos de mestrandos que serão expostos também se articulam ao tema. Explicam como o exoesqueleto e os óculos interativos com acesso à internet (smart glasses) podem melhorar a vida dessas pessoas.

– Teremos também oficinas para aprender a fazer pipa e caricatura. Vamos jogar peão, pega-vareta, totó e outras atividades para desapegarmos do telefone e nos aproximarmos das relações mais humanas – acrescenta o coordenador da Mostra.

 Paula Giolito No 7° período do Ibmec, Cristina Moizinho pela primeira vez à Mostra PUC no ano passado. Ela conta que a participação rendeu cinco entrevistas de estágio: 

– O que mais me chama a atenção da Mostra PUC é a abrangência: tive a oportunidade de conhecer várias empresas em um único dia e saber mais das empresas que já conhecia.  

Estagiária de Administração na White Martins há seis meses, Cristina percebeu que o mercado está cada vez mais exigente e seletivo: “Se não for capacitado, fica quase impossível”, alerta. Ela sugere que os colegas "busquem conhecimento e evolução tanto profissional quanto pessoal", e acredita que a fluência no inglês e a determinação tenha sido decisivas:

– Não desisti no primeiro "não". Pelo contrário, parei e pensei no que poderia melhorar para a entrevista seguinte.

 Divulgação A supervisora de recrutamento e seleção da White Martins, Roberta Dutra, reitera a importância do encontro entre o mundo corporativo e o universitário:

– O contato direto é de grande relevância para a empresa porque essa geração cheia de ideias pode trazer um movimento mais inovador para a companhia. Também é uma oportunidade de trazer talentos que se identificam com os valores da empresa para as 30 vagas que temos disponíveis.

O programa de estágio da White Martins, diz Roberta, é tradicionalmente uma porta de entrada para futuras lideranças. “O nosso atual presidente e alguns diretores executivos começaram as carreiras como estagiários na empresa. Quando passamos pelos corredores, temos certeza de que vale a pena preparar o estagiário para cargos futuros.”, orgulha-se. A supervisora de recrutamento orienta: 

– O primeiro contato é seu cartão de visita. É importante ter o mínimo de planejamento, não chegar atrasado, saber minimamente sobre a empresa e não mentir no currículo dizendo que atua numa função que efetivamente não atua ou que tem um nível de idioma que não tem. Parecem dicas bobas, mas esses erros são comuns e cruciais na hora do recrutamento.

Roberta recomenda também cuidado com as informações publicadas nas redes sociais. Ela argumenta que, embora a White Martins não se utilize desses ambientes no processo seletivo, “é importante ter cuidado com o que posta”. A especialista instrui o candidato a adotar uma abordagem formal no e-mail e publicar sempre informações verdadeiras no LinkedIn, pois esta rede de viés profissional é vista por contratantes em potencial.   

Oportunidades para a área de Comunicação Social

Fora as oportunidades para a área de comunicação oferecidas por firmas de diversos setores reunidas na Mostra PUC, o estudante pode se beneficiar das dezenas de vagas que serão oferecidas pelas Organizações Globo (Globo.com, Globosat, Infoglobo e Rede Globo). Embora reconheçam o interesse em alunos de outras graduações, tais empresas buscam, prioritariamente, estudantes do curso de Comunicação Social.

O concurso cultural Mostraí uma extensão do projeto Mostra Curtas, que envolvia apenas trabalhos de curta-metragem  também representa uma ótima oportunidade para o estudante da área. O tema é o mesmo da Mostra PUC, e universitários de todo o país puderam se inscrever até 14 de julho. O concurso inclui três categorias: cinema, fotografia e quadrinhos. Ao todo serão expostos 22 trabalhos, - os curtas serão exibidos na sala k102 - mas só os três primeiros colocados de cada categoria receberão premiações em dinheiro.

A estudante de Cinema da PUC-Rio  Luiza Gappo, estagiária do CCESP há um ano, reforça a importância de um concurso como este para a qualificação profissional, o mercado e a sociedade. Pois, argumenta Luiza, vivemos num mundo "que não valoriza muito o trabalho artístico":

– Temos a falta ilusão de que publicar o trabalho na internet é o suficiente para que todo mundo veja. Mas expor o trabalho num grande evento como este é uma ótima forma de divulgação direta para profissionais do mercado, sem deixar de ser sempre um treino: uma oportunidade de estar produzindo e aperfeiçoando suas próprias técnicas para se tornar um artista melhor.