Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2017


Ciência e Tecnologia

Festival de mídias audiovisuais reforça imagem do Rio

Rodrigo Serpellone e Nicolau Galvão - Do Portal

17/02/2013

 Divulgação

Diante do reconhecimento do Brasil e, principalmente, do Rio como centro das atenções nos próximos anos, a Associação Brasileira de Produtoras Independentes de Televisão (ABPITV) espera, entre os dias 20 a 22 de fevereiro, mais de 2 mil pessoas no festival de conteúdo audiovisual RioContentMarket, que reunirá representantes de 740 empresas envolvidas com conteúdo audiovisual, como Coca-Cola, Red Bull e Youtube; do governo; produtores independentes e visitantes do Brasil e do exterior no hotel Windsor Barra. A maioria das palestras é gratuita.

A diretora-executiva do RioContentMarket, Carla Esmeralda, estima que o volume de recursos movimentado entre os participantes do festival quase quadruplicou de 2011, primeiro ano do evento, para 2012, subindo de R$ 7 milhões  para R$ 25 milhões. E este ano deve aumentar ainda mais, assim como o número de participantes. A primeira edição teve 900; nesta, serão 2.300. Carla se surpreendeu com o aumento que se deu em grande parte pelo fato de o Rio estar nos olhares do mundo, segundo ela:

– Quando fui convidada para dirigir o festival, ficava pensando como faria um evento de porte internacional no Brasil. Mas, como o Rio hoje é protagonista no mundo, creio que escolhemos o momento certo. Isso facilitou o nosso trabalho.

As salas serão divididas entre os temas Futuro, Políticas e Economia Audiovisual; Esporte, Eventos e Conteúdos Interativos; Lab Transmídia; Negócios Audiovisuais; e Rodadas de Negócios. Nesta última, uma das novidades da mostra nesta terceira edição, serão apresentados 30 projetos de todo o mundo, selecionados entre 300 produções enviadas. De acordo com a coordenadora do laboratório transmídia do RioContentMarket, Alice Gomes, os produtores destes conteúdos receberão aulas de capacitação de pitching antes do festival e terão suas obras mostradas para representantes de empresas de conteúdo audiovisual durante o evento.

O esporte é um tema que terá atenção especial, devido aos grandes eventos que ocorrerão no Rio e no Brasil nos próximos anos. Uma sala especial receberá os canais de televisão esportivos do Brasil, que terão meia hora cada uma para apresentar seus projetos, diretores de clubes e empresas que unem o esporte e a produção audiovisual, como a Havas Media, que atende Fifa e Adidas (além de Google, Samsung e Nestlé); e a Precious Media, da Nissan, patrocinadora de campeonatos automobilísticos.

Outro momento de celebração será o lançamento, no festival, da LCTV, braço da produtora LC Barreto exclusivo de conteúdo para televisão. A iniciativa faz parte da comemoração pelos 50 anos de atividades da produtora de Luiz Carlos e Lucy Barreto, que produziu filmes como Dona Flor e seus dois maridos e Lula, o filho do Brasil.

O Portal PUC-Rio Digital, graças a parceria entre o RioContentMarket e a PUC-Rio, fará a cobertura do festival. Segundo Alice, o fato de universidades do Rio serem parceiras do evento é “muito interessante para colocar os estudantes em contato com o mercado audiovisual”. Confira a programação do evento.

Destaques do RioContentMarket 2013

Após o sucesso da presença do diretor e produtor-executivo da série Lost, Jack Bender, no ano passado, o RioContentMarket receberá outros ilustres convidados. Entre os mais aguardados estão Ivan Askwith, diretor de mídia digital da LucasFilm, que recentemente foi comprada pela Disney, e Yves Jeanneau, fundador do Sunny Side of the Doc.

Além deles, também são esperados o vice-presidente de excelência em conteúdo global da Coca-Cola, Jonathan Mildenhall; Luke Ryan, vice-presidente executivo da Disruption Entertainment; Álvaro Paes de Barros, chefe de conteúdo do Youtube para o Cone Sul; Juliana Algarañaz, diretora geral da Endemol Brasil; Manuel Reis, diretor de conteúdo da Havas Sports & Entertainment; Mark Washaw, presidente da empresa transmídia The Alchemists; e Luiz Carlos Barreto, produtor da LC Barreto.

Confira abaixo os destaques da programação:

DIA 20/2

Coca-Cola storytelling - Sala 1 às 8h30 – Jonathan Mildenhall, vice-presidente de Excelência em Conteúdo Global da Coca-Cola, fala sobre o desenvolvimento de conteúdo da marca

Free speech – direito de uso de imagem - Sala 1 às 11h30 – Discussão sobre os direitos de imagem no Brasil e no mundo

LC Barreto – 50 anos  - Sala 1 às 18h30 – A família Barreto - Lucy, Paula e Bruno – lança a LCTV, sua nova produtora.

DIA 21/2

6 meses depois – Lei 12.485 – Sala 1 às 8h30 – Manoel Rangel, diretor-presidente da Ancine, faz um balanço sobre a lei do audiovisual para produções nacionais

Além do Branded Content – Havas Media – Sala 2 às 10h – Manuel Reis, diretor de conteúdo da Havas, apresentará três casos de branded content unindo esporte e audiovisual

Televisões Públicas no Mundo – Sala 1 às 14h30 – Executivos de canais de TV aberta do mundo discutem os critérios na escolha da programação

Distribuição Digital, VOD e seus desafios – Sala 1 às 16h – Executivos do YouTube e da Net Serviços falam sobre o impacto desse mercado e a regulamentação dos impostos

O mercado do documentário – Sala 3 às 16h – Yves Janneau, diretor do Sunny Side of the Doc, fala sobre o mercado de documentários

DIA 22/02

Além do Branded Content – RedBull Media House – Sala 2 às 10h – Bernhard Hafenscher apresenta projetos e estratégias da RedBull

A Internet Regulada – Sala 1 às 14h30 – O deputado Alessandro Molon e outros especialistas analisam como a regulação da internet pode afetar as produções independentes

Narrativas Transmídia – Sala 3 às 15h30 – Especialistas da Lucasfilm/Disney e The Alchemist falam sobre a plataforma