Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 27 de março de 2017


Antigos Alunos

AaA homenageia ex-alunos que se destacaram

Mariana Alvim e Ligia Lopes - Do Portal

05/12/2011

 Ligia Lopes

Ex-alunos da PUC-Rio com atuação de destaque em diversas áreas participaram no último sábado, dia 3, do almoço de confraternização anual da Associação dos Antigos Alunos da PUC-Rio (AaA PUC-Rio). O prefeito do Rio, Eduardo Paes, o presidente da Fundação Cesgranrio, Carlos Alberto Serpa, o cientista Marcelo Gleiser, o designer Fred Gelli e o empresário Alexandre Schiavo, compareceram ao evento, que reuniu cerca de 130 pessoas no Marina Palace Hotel, no Leblon. No encontro, ocorreu a premiação aos homenageados, uma retrospectiva dos trabalhos da associação e a apresentação de projetos futuros, como o Projeto do Fundo Endowment.

O prefeito agradeceu o prêmio elogiando a universidade:

– Todos nós que estudamos na PUC temos orgulho da nossa formação. Sou do tempo em que o Rio não era mais a cidade maravilhosa, e hoje a cidade vive outro momento. Não digo que as coisas estão perfeitas. Mas a PUC está nas coisas boas do meu governo. O resto, vocês culpem a mim. Ligia Lopes

O físico e astrônomo Marcelo Gleiser lembrou que a PUC sempre foi pioneira, e que o curso de física era o melhor do Brasil quando foi aluno, entre 1979 e 1981. Ele garantiu que esta base foi fundamental para que progredisse na profissão:

– Hoje tenho quem me pague para contar estrelas.

Sócio-diretor de Criação da Tátil Design de Ideias, empresa de Branding e Design com grandes clientes, como Natura, Nokia, Coca-Cola, Fred Gelli apontou a interdisciplinaridade e a presença da Ligia Lopes natureza como características da universidade que contribuíram para o seu trabalho como designer:

– O espaço da universidade foi muito inspirador. Foi lá que eu me aproximei das inspirações naturais que se pode ter no design. Lá, eu também me relacionava com diversos departamentos, pois a PUC é um centro de inteligência em várias áreas. Acredito muito na soma do conhecimento. A PUC tem muitas pessoas ilustres no que fazem.

Para Alexandre Schiavo, presidente da Sony Music (foto abaixo), ter estudado na PUC contribuiu não só para uma boa formação acadêmica, mas também por ter proporcionado experiências e o contato com outras pessoas. De acordo com Schiavo, porém, as universidades brasileiras ainda têm que melhorar na formação de profissionais para o mercado de entretenimento. Para ele, é preciso que a academia forme mais artistas e executivos direcionados a este mercado. Ligia Lopes

Com o objetivo de apromorar cada vez mais a universidade, a AaA PUC-Rio apresentou o Projeto do Fundo Endowment. Segundo o economista Luiz Augusto Candiota, o objetivo é buscar investimentos de ex-alunos, pais, professores e empresas a partir de 2012. A expectativa é que sejam arrecadados R$ 30 milhões no primeiro ano. Em 2020, a projeção é que se alcance R$ 200 milhões. A consultora financeira e jurídica Daniela Balassiano, ex-aluna da universidade, apoia o projeto:

– A PUC tem um potencial mundial, com cabeças de nível internacional. Mas alguns pontos da infraestrutura têm que melhorar. Por isso a iniciativa do Endowment é importante. – conta Daniela, que se graduou em economia e direito na universidade.

Além do projeto Endowment, a presidente da Associação, Andrea Ramal, apresentou as realizações de 2011. Segundo ela, o ano foi decisivo em duas frentes: a primeira, no desenvolvimento do Conselho Empresarial, que visa reunir ex-alunos empresários para estimular o empreendedorismo na universidade, através de cursos e palestras; a segunda, na participação da AaA PUC-Rio nas redes sociais, que segundo Andrea, aproxima a associação de jovens ex-alunos. Ligia Lopes

O reitor em exercício, padre Francisco Ivern Simó, S.J. (foto à direita), esteve no almoço, e elogiou a iniciativa da associação em promover um encontro entre os ex-alunos:

– Esse evento serve para matar as saudades uns dos outros, mas principalmente, é simbólico, pois estreita vínculos com ex-alunos. Precisamos mesmo estreitar esses laços.

Um dos homenageados, Carlos Alberto Serpa (foto abaixo), conta que tem laços estreitos com a universidade há mais de 40 anos:

– Tudo que sou devo à PUC. É uma história de amor. Nunca me ausentei da PUC: fui diretor, vice-reitor e hoje sou conselheiro da administração da universidade. Não me desliguei da PUC por opção. Até mesmo a minha esposa eu conheci na universidade! Ligia Lopes

Paes, Serpa, Gleiser, Gelli e Schiavo estavam entre os 11 homenageados deste ano. O diretor da Votorantim Siderurgia, Albano Chagas Vieira; o sócio-fundador da Gávea Investimentos,  Armínio Fraga; o técnico de vôlei Bernardinho; a jornalista Renata Vasconcellos; o presidente do Conselho de Administração do Grupo Ultra, Paulo Guilherme Aguiar Cunha; e José Antonio Grabowsky, presidente da PDG Reality, também foram homenageados, mas não puderam comparecer – Grabowsky enviou seu filho e sua esposa para receberem o prêmio.