Projeto Comunicar
PUC-Rio

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Rio de Janeiro, 27 de junho de 2017


Revista Eclética nº 21 completa

Fernanda Garat, Júlia Lomba, Raphael Gomes e Roberta Azevedo - Da sala de aula


 Depois da crise política que se instalou no Brasil em 2005, nada mais pertinente que eleger a mentira como o tema geral da Eclética. Durante o ano passado acompanhamos, por meio dos veículos de comunicação que cobriam as CPIs, os políticos acusados de corrupção tentarem provar que eram inocentes. Entre ofensas, acusações infundadas e provas concretas, nós eleitores presenciamos um momento da história política brasileira onde a linha tênue entre a verdade e a mentira foi cruzada, muitas vezes, por interesses pessoais camuflados pelo desejo de se fazer democracia. Masqual seria, de fato, a diferença entre a verdade e a mentira?

Neste número 21 a revista Eclética vai mostrar como vivemos a dualidade entre mentir e falar a verdade. Desde a infância até à vida adulta somos educados para sermos honestos, respeitarmos as regras e valores éticos, mas o fato é que nem sempre isso acontece. Hoje, se para alguns a mentira é sinônimo de um comportamento repudiável, para outros é uma maneira eficaz para adiar ou mesmo resolver problemas que, aparentemente, não têm solução.

Por coincidência são 21 artigos onde analisamos, discutimos e damos exemplos reais e imaginários de como a ilusão, o engodo e a mentira estão presentes no nosso cotidiano. Da política às propagandas veiculadas nos principais meios de comunicação; das histórias e dos mitos infantis às mentiras que contamos quando criança em casa e na escola; da vida real à ficção cinematográfica e das pequenas mentiras sociais à mentira como obsessão. Olhos atentos e boa leitura até que você perceba que não estamos mentindo para você...!

ecletica nº21 completa.pdf

O azeite das relações sociais

- Da sala de aula

1 - o azeite das relações sociais.pdf

Escolha o seu papel e “quebre a perna”

- Da sala de aula

2 - escolha o seu papel e quebre a perna.pdf

A mentira como obsessão

- Da sala de aula

3 - a mentira como obsessão.pdf

A voz como maior inimiga

- Da sala de aula

4 - a voz como maior inimiga.pdf

A verdade é que todo mundo mente

- Da sala de aula

5 - a verdade é que todo mundo mente.pdf

Nada do que foi será

- Da sala de aula

6 - nada do que foi será.pdf

Triunfo da mentira

- Da sala de aula

7 - triunfo da mentira.pdf

Se eleito, eu prometo...

- Da sala de aula

8 - se eleito, um prometo.pdf

Fenômeno Collor: caçador de marajás?

- Da sala de aula

9 - fenômeno collor caçador de marajás.pdf

Guerra da mentira

- Da sala de aula

10 - guerra da mentira.pdf

As verdades nas mentiras de Pinóquio

- Da sala de aula

11 - as verdades nas mentiras de pinóquio.pdf

Foi de mentirinha

- Da sala de aula

12 - foi de mentirinha.pdf

Entre a realidade e a fantasia

- Da sala de aula

13 - entre a realidade e a fantasia.pdf

Abracadabra

- Da sala de aula

14 - abracadabra.pdf

A primeira impressão é a que fica

- Da sala de aula

15 - a primeira impressão é a que fica.pdf

Mentiras que vendem

- Da sala de aula

16 - mentiras que vendem.pdf

Crime e estelionato em Hollywood

- Da sala de aula

17 - crime e estelionato em hollywood.pdf

Bandas Covers: nada se cria, tudo se copia

- Da sala de aula

18 - banda covers nada se cria tudo se copia.pdf

É tudo verdade?

- Da sala de aula

19 - é tudo verdade.pdf

“Quem não cola não sai da escola.” E da universidade?

- Da sala de aula

20 - quem não cola não sai da escola. e da universidade.pdf

As verdades que os homens contam

- Da sala de aula

21 - as verdade que os homens contam.pdf

+ Revistas

Edição: